Apresentação

A educação libertadora propicia ao ser humano a consciência de que ele é agente da História. Toda pessoa, ao apropriar-se dos conhecimentos acumulados, torna-se capaz de compreender a realidade, com senso crítico e democrático, tem condições para libertar-se da injustiça, da violência moral e física em todos os contextos sociais.
Com base nesta afirmativa, a educação que defendemos valoriza o convívio coletivo, ajudando as comunidades a superar suas limitações e a comprometer-se com as transformações sociais, possibilitando a cada pessoa exercer efetivamente a sua cidadania.

 

Palavra da Diretora

Querida Família Educativa Colégio Santa Cruz.


Neste momento tão ímpar de nossa história e a partir de como cada um de nós vive e sobrevive à Pandemia, necessitamos de recursos científicos, sociais, emocionais, para nos subsidiar e fortalecer.
Nossa sociedade encontra-se dizimada não só pela doença que atinge o corpo, mas também pela pouca consciência de seu compromisso e responsabilidade com cuidados e transformações necessárias à manutenção da vida no planeta, ao futuro das gerações.
Uma educação de qualidade, “um trabalho bem feito”, como diria nossa Fundadora, deve formar pessoas humanizadas, capazes, críticas, participativas, solidárias, fraternas, e comprometidas com as transformações necessárias para uma vida digna, plena, fecunda, social, emocional e cientificamente.
Nos colocamos, enquanto comunidade educativa, à serviço desta obra tão grandiosa que pretende responder e gerar vida.
Com carinho, na Paz de Cristo
Tânia Regina Echs Lucena
Diretora

 

007

 

História

O Colégio Santa Cruz, com quase 7 décadas de fundação, aliando tradição e modernidade, temos garantida a qualidade e a credibilidade da instituição. Com a maturidade destes anos todos dedicados a um trabalho sério e competente, já podemos olhar para traz e descrever de maneira objetiva o ponto a que toda luta nos conduziu. Milhares de cidadãos já passaram pela instituição e mais do que nunca acreditamos que é preciso criar espaço, na educação, para que os alunos saibam entender a realidade, participem de relações sociais, ético-religiosas, enfim que se desenvolvam como seres humanos críticos, reflexivos, criativos, cooperativos, solidários, elementos fundamentais para o exercício da cidadania. "Acima de tudo, a pessoa humana" resume a proposta educativa do Colégio Santa Cruz”.

008

 

Nossa Missão

Propiciar o desenvolvimento integral, unindo o conteúdo científico e formação humana, para que tenhamos pessoas críticas, competentes, conscientes e participativas, podendo assim, exercer sua cidadania.

 005
 

Visão

A educação se constitui em um dos principais bens da humanidade. Por ela, as gerações vão legando, umas às outras, as experiências, os conhecimentos, a cultura acumulada ao longo da história, permitindo tanto o acesso ao saber sistematizado, como a produção de bens necessários à satisfação das necessidades humanas
 
010
 

Valores

Os valores que almejamos são: a igualdade, que valoriza o ser humano enquanto ser criado à imagem e semelhança de Deus, reconhecendo e respeitando os direitos e deveres desta sociedade; a liberdade, que dá a toda pessoa o livre arbítrio para escolher seus objetivos de vida e autonomia para tomar decisões, respeitando o bem comum; a justiça, independente de sexo, raça, credo e idade, favorecendo o crescimento pessoal e promovendo a partilha distributiva de bens materiais e culturais; a solidariedade pela qual os seres humanos têm consciência de serem irmãos, levando-os a serem sensíveis às dificuldades dos outros; a honestidade, por meio da qual vive a verdade consigo mesmo e com os outros.
 
 012
 

Responsabilidade Social

 Compreendemos que a escola é uma instituição social com propósito explícito: ensinar visando o desenvolvimento das potencialidades físicas, cognitivas e afetivas dos alunos, por meio da aprendizagem dos conteúdos (conhecimentos, habilidades, procedimentos, atitudes e valores). Para tanto, o ato de ensinar precisa acontecer de maneira contextualizada, possibilitando aos discentes tornarem-se cidadãos participativos e comprometidos na sociedade em que vivem.